Home Comunicação & Marketing Marketing Planejando o próximo ano – Roberto Monti
Marketing - 27/12/2017

Planejando o próximo ano – Roberto Monti

Desemprego – Corrupção – Grandes grupos empresariais em dificuldades – PIB fraco – Copa do Mundo – Eleições – Endividamento das famílias – Violência urbana… são manchetes nos jornais.

Com estas informações devemos revisar o planejamento e fazer as alterações necessárias.

Seja qual for o seu porte, as empresas brasileiras enfrentam os problemas da globalização, falta de infraestrutura e de investimentos do setor público e milhares de mensagens bombardeando a mente do consumidor.

Uma das formas da empresa alcançar a competitividade é conseguir maiores receitas, outra é a liderança em custos, ou seja, gerar lucros. Ao analisarmos as necessidades de um planejamento estratégico, é essencial levar em conta as informações sócio-econômicas de seu público-alvo para adequar o seu planejamento dentro destas
necessidades.

O que devemos entender por estratégia?

Consiste em estabelecer uma posição competitiva única, sustentável e que seja difícil de imitar oferecendo produto ou serviço com um diferencial perceptível pelo Cliente. Lembrar que qualquer benefício repassado ao Cliente deve ser suportado por uma política de bom relacionamento com os seus demais parceiros externos como bancos, fornecedores e prestadores de serviço. É fundamental que haja a integração das diversas atividades que fazem parte da cadeia de valor de sua empresa.
A estratégia escolhida deve ser aplicada integralmente e aperfeiçoada continuamente para surtir os efeitos desejados. Com certeza muitas barreiras deverão ser supe-radas, tanto internas, quantos externamente, mas lembre-se que tudo isto faz parte de seu negócio. Lembre-se que o uso de tecnologia adequada, boa negociação para a aquisição de matéria-prima ou produto para revenda, boa embalagem, fluxo de produção, boa admi-nistração de recursos, fluxo de caixa bem controlado etc. farão a diferença na hora da venda e no atendimento ao Cliente.

Os novos modelos organizacionais passam pela compreensão da decisão e pelo alinhamento da estratégia com o objetivo da empresa. Não existe um plano-padrão que possa ser aplicado a todas as empresas e sim, deve ser elaborado de acordo com as aspirações, a posição competitiva e a capacidade de realização da empresa.

Recomendações na implantação de um plano
estratégico.

1. Estabelecer um poder de decisão descentra-lizado para facilitar e dar rapidez nas ações;
2. Praticar um plano mercadológico adequado para propiciar a competitividade;
3. Delegar atribuições para os responsáveis de cada área, facilitando a autocorreção das ações;
4. Assegurar apoio às decisões tomadas que só serão modificadas/revogadas em caso de necessidade da empresa; mercado;
5. Ser eficiente operacionalmente;
6. Manter excelente relacionamento com o Cliente;
7. Ser líder em produtos/serviços.

Executivo: Com estas ações básicas as empresas poderão superar as diferenças internas, criando uma nova organização capaz de resistir às oscilações de mercado propor-
cionando um crescimento seguro.
Roberto Monti é consultor de Marketing. Coautor do livro (IN)Fidelidade, Uma Questão de Qualidade- Clientes Sonham, Empresas Concretizam – Editora Virgo – São Paulo, 09/2000. P&A

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

5 produtos de tecnologia para sua loja no século XXI

1 Cartões e Plataformas online inteligentes. Em todo comércio, a forma de pagamento mais c…