Home Entrevistas Outras Águas Subterrâneas – Bruno Covas
Outras - 16/06/2018

Águas Subterrâneas – Bruno Covas

A água é um dos recursos naturais essenciais à vida humana e ao equilíbrio dos ecossistemas. Por isso é fundamental cuidar muito bem de suas reservas e fontes, garantindo sua existência para toda a sociedade e para as gerações futuras.

Quando falamos em água, é muito comum pensar somente nos reservatórios aquáticos que podemos ver, como os rios, os lagos, as lagoas etc. Mas é imprescindível lembrar que, sob os nossos pés, existe também uma fonte enorme de recursos hídricos, a que chamamos de águas subterrâneas. Essas são encontradas nos aquíferos, grandes espaços vazios existentes abaixo do solo, e são
responsáveis pela maior parte da água doce disponível para o consumo humano.

Os aquíferos do estado de São Paulo abastecem quase metade do território estadual. No entanto, por causa da sua localização geográfica de difícil acesso, pouco se sabe sobre eles, o que dificulta as ações para protegê-los.

Acumuladas há milênios, nossas águas subterrâneas estão reservadas nos aquíferos: Cristalino, Tubarão, Passa Dois, Guarani, Serra Geral, Bauru, Taubaté, São Paulo, Litorâneo, Diabasio e Furnas.

O maior e mais importante deles é o Guarani. Seus 1.195.500 km2 se estendem por oito estados da Federação, desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul, até nossos vizinhos Uruguai, Paraguai e Argentina. Graças a qualidade das suas águas e de sua produtividade, importantes cidades paulistas são abastecidas. Entre elas estão Ribeirão Preto, Araraquara e São Carlos, na área denominada de aflorante, pois está abaixo da superfície cerca de cem metros. Outros municípios são Araçatuba, Marília, São José do Rio Preto e Presidente Prudente, na sua porção mais profunda.

Como se pode observar, um significativo número de paulistas habitantes de regiões importantes economicamente depende das águas subterrâneas. Assim, um conjunto de órgãos do Estado tem se dedicado a buscar soluções visando a preservação dessa fonte estratégica de abastecimento. No campo da gestão, destaca-se na escala regional a atenção especial às diretrizes de utilização e
proteção das águas subterrâneas, cujo resultado é um banco de dados georreferenciado que serve de ferramenta aos gestores dos comitês de bacia. Na esfera local, trabalhamos com o manual de orientação para delimitação de perímetros de proteção dos poços.

Atualmente, já existem estudos e análises sobre esse tipo de reserva de água, mas é preciso difundí-los e divulgá-los para conscientizar a sociedade de sua existência e importância e tê-la como parceira na proteção desse recurso natural vital.

Portanto, contamos com você para ajudar a disseminar esse conhecimento e para preservar esse recurso natural tão rico e importante à vida no planeta.

Sr. Bruno Covas
Secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo P&A

5 Replies to “Águas Subterrâneas – Bruno Covas”

  1. As reservas de água do mundo estão cada vez menores. Vamos cuidar para não faltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Entrevista Tratador de Piscinas – Sr Marcos Pancioni

1. O que o levou a escolher sua profissão “ Tratador de piscinas “ ? Resp: Antes de escolh…