Home Comunicação & Marketing Comunicação O efeito “encasulamento” e os impactos positivos no mercado de piscinas – por Rodrigo Sorrilha
Comunicação - 18/08/2020

O efeito “encasulamento” e os impactos positivos no mercado de piscinas – por Rodrigo Sorrilha

O termo “encasulamento” que veio à tona durante estes meses de pandemia mundial do COVID19, na verdade não é novo.

Esse fenômeno foi observado nos anos 90, pela
empresa de consultoria de marketing norte americana Faith Popcorn, que já naquele momento refletia sobre a tendência de que, com o advento da internet e de novas tecnologias, a sociedade passasse a ter
condições propícias para um “cocooning” (em
português encasulamento).

As compras online, delivery, vídeo conferências etc.
já existiam antes da pandemia, o que aconteceu foi
que viraram ferramentas quase que naturais para adaptação da sociedade ao novo cenário, o tal “Novo Normal”. Mas, o que isso tudo tem a ver com as
piscinas? O fenômeno “cocooning” está diretamente relacionado com a atual onda de procura por piscinas, reformas e melhorias (aquecimento, descontaminação UV/geradores de cloro, etc.).

Para que se tenha uma ideia, esta onda de consumo recente trouxe para EUA e Europa um crescimento
tão expressivo das vendas que alguns itens já sofrem escassez. É o caso das piscinas “above ground”
(piscinas “sobre piso”, piscinas de montar), robôs e aparelhos UV. A preocupação com o contágio em locais públicos gerou a tendência das reuniões sociais, com amigos e familiares, se concentrarem em áreas de lazer residenciais, sendo assim, este espaço passa a ser a parte mais importante da casa, “seu santuário particular” (slogan da campanha da norte americana Jandy).

Garantir a saúde e conforto dos clientes passa a ser um argumento potente de vendas para todos de nosso ramo.

O tratamento correto da água, seguindo as medidas estabelecidas pelas autoridades competentes em
termos de higiene e distância, garantem que as
piscinas sejam seguras contra o COVID-19. Com o “Perfect COVID-FREE Pool”, um projeto pioneiro
apresentado na Espanha, essas medidas são
combinadas com outras adicionais para maximizar a segurança do usuário, inclusive em piscinas de uso coletivo.
A Fluidra, líder global de equipamentos de piscina e bem-estar, apresentou o projeto “Piscina perfeita sem COVID” no Club Natació Atlètic-Barceloneta (CNAB) para mostrar várias medidas que maximizam a
segurança.
Este projeto é único e foi implementado pela primeira vez nas piscinas CNAB em Barcelona, ​​tornando-as
as “piscinas perfeitas” mais seguras contra o
coronavírus.
“Além das medidas usuais que tornam qualquer
piscina segura, como o correto tratamento da água, respeitando a distância mínima e realizando uma
higiene adequada, na CNAB implementamos outros elementos adicionais aplicáveis ​​a qualquer piscina, como controle automático de entrada, túneis de
chuveiro para higienização “extra”, equipamentos para desinfetar o ambiente da piscina e equipamentos UV para desinfetar o ar na piscina interna ”, diz David
Tapias, diretor de P&D EMEA da Fluidra.

Acredito que temos o cenário perfeito para aproveitar as oportunidades que nos aparecem em meio à esta história toda do “Novo Normal”, nas piscinas
comerciais e, principalmente, nas residenciais.

Não vou entrar aqui no mérito das vendas on-line ou nas maneiras novas de se prospectar e abordar o
consumidor, isso ficará para uma próxima ocasião, mas o que quero efetivamente trazer à sua reflexão é que você, meu amigo lojista, deve se preparar para surfar esta onda. Como os grandes surfistas, não
podemos perder o tempo, é preciso “crescer o ritmo das remadas” para deslizar prazerosamente nesta temporada. Ou melhor quem sabe, neste louco mundo novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

O Poder dos Sonhos – por Márcio Coelho

Os sonhos que nutrimos possuem o poder de nos transformar em quem somos. Porém somente son…